07 janeiro 2006

Retrospectiva 2005


Dia primeiro de janeiro de 2006... quase no fim... o ano já começou com tanta pressa que seu primeiro dia já ta deixando saudades.Não fiz nada de muito diferente, apenas perdi o medo e fui ver o que "As Crônicas de Narnia" reservava para mim... apesar de dublado eu gostei bastante do filme, muito bonito. Mas não é puramente dele que parei para refletir.


Ontem a meia-noite, quando os fogos começaram, tive medo, estavam baixos e o som muito perto, mas depois fui relaxando e perdi o medo. Comecei a fazer minhas orações(que não são tão de costumes nessa data, mas que tive vontade esse ano.), fiz meus pedidos, agradeci aos meus guias e agradeci também por tudo, de bom e ruim, que me aconteceu nesse ano.

Como dizer que 2005 foi ruim?! Não posso nem mesmo dizer que 'mais ou menos' ou que foi indiferente dos anteriores. Esse foi o ano que pude ser eu mesmo e me conhecer um pouco mais.Porra, amizades surgiram de uma hora para outra, umas com pinta de passageiras mas que, por enquanto, vejo que são para sempre(os anjos costumam dizer 'amém' nessa hora...).

Lembro como se fosse hoje... uma garrafa suada, olhos escondidos num boné, rosto igualmente escondido nos cabelos, uma risada singela no msn, uma voz encantadora me apresentando "Only One", revelações do nada e uma amizade surgindo de qualquer lugar inalcansável aos olhos.Todas essas caracteristicas tem nome, o que não importa tanto, mas que merece ser dito... A Tarce foi uma das 'coisas' que me surpreendeu esse ano, seja com um sorriso no rosto e sendo simpática no orkut, ou de saco cheio nas aulas de metodologia e falando palavrão. Ama-la foi fácil, conhecê-la é um exercicio diário.

Um pouco antes e, confusamente, um pouco depois, veio a sede! Coca-cola todos os dias, coxinhas podres e vicio em pão-de-queijo, micos 'expontâneos', um sorriso encantador e uma sinceridade doce. Uma vez ela reclamou por eu dizer que ela era fofa e a Tarce foda... Não repetirei esse erro(apesar de achá-la fofa até mesmo com raiva.). Vieram também conversas sérias e surtadas no msn, um pouco mais tarde veio a caridade para nos unir um pouco mais, veio o 'sentir falta' que nos dava conversas perfeitas, veio telefonemas que nos dava conversas surtadas, vieram vários 'eu te amo' e 'também te amo', veio fresno e rufio, mas também veio All American Rejects. Mas de tudo isso, a amizade sincera e imediata foi o que de melhor ficou, pois quando o telefone tocou no meio da noite(madrugada para ser mais fiel) quando estava na Posh, que ouvi aquela voz chorosa, nossa, tudo que eu queria era um abraço dela, mas o "ah, eu também te amo" serviu direitinho! (risos) A Déa foi, igualmente, um marco de 2005. Lembrando que o trio Márcio, Déa e Tarce fuderam tudo nas tardes do Cidade... (Gemidos intensos... risos).

Ilka... não é novidade de 2005, mas é porto seguro mesmo de longe. Sempre pronta para me apoiar e dizer quando estou certo e me fazer ver quando estou errado.

Na internet surgiram pessoas importantes também, e como!Na paixão pelo cinema surgiu a visita de um flog chamado /cinéfilos, com ele sua dona Janaína, uma pessoa linda que me deu tardes e noites agradabilissimas de bate papo no orkut. Também não foi dificil ama-la.Com ela surgiu o Egnon e suas fotos fodas, suas criticas maravilhosas e seus textos orgasmáticos.Com essa dupla surgiu uma pessoa deliciosa que eu comeria com cobertura de chocolate, andaria na orla de Maceió com o sol na cara, tomaria água de coco sem estar doente, e no fim da tarde morderia copos do McDonalds com ela vendo o sol se pôr. Manú foi das melhores pessoas que conheci na net, um dia eu ainda mordo a bunda dela.Teve também a Mari... eterna mocoronga da minha vida! Próximo natal eu quero ela enrolada no saco do papai noel e sendo deixada pelo sedex na minha porta. Ainda devo uma cueca boxer e um cd de mp3 para ela... esse ano eu pago!

Um diferencial vindo da internet também foi o Vinicius... esse já é mais recente. Nunca me indentifiquei tanto com uma pessoa como me indentifico com ele, mas ao mesmo tempo que somos bastante parecidos(bastante mesmo, chega dá medo), somos muito diferentes. A começar pelo tamanho, cor de pele e toda a parte física... (risos)... ele é introspectivo, mas tive cuidado quando resolvi me chegar até ele, não queria assustá-lo ou fazê-lo ter uma impressão errada de mim. Mas fui sincero o tempo todo e, acho, que nunca invasivo, creio que sempre respetei os limites dele. Gostaria muito de ter pessoas como ele morando próximas a mim, acho que nos apoiariamos em determinados momentos... como ontem por exemplo, talvez se morassemos perto ele não tivesse passado o ano novo em casa e de pijamas, eu o levaria para dançar e curtiriamos a noite. Considero muito esse cara, um vivente sem igual!!!

Rodrigo de Curitiba... amigo sem igual! Saudades do abraço que ainda nem chegou!

Silvan... amigo, cantor talentoso, pessoa fantastica... saudades dos papos, esse já tivemos muitos por telefone e msn, mas estamos nos devendo um pessoalmente... poxa, afinal a Bahia é logo alí.

Thiago(xuxu - risos), não é amizade made in 2005, mas sinto falta dele.

Nega, mora ao lado e mesmo assim sinto saudades as vezes.

Larissa... o que eu posso refletir sobre ela?! Caridosa, engraçada, fotógrafa nas horas vagas, inteligente(escreve pra caralho) e amiga em potencial... amiga mesmo ainda não, mas a gente chega lá.(Só depende de nós, se já foi ou se ainda é criança... tá, esquece.) Sempre agradeço pelas palavras que ela me presenteia sempre que pode. Saudade do que há por vir.

Enfim, de amizade eu fui bem servido esse ano, de falsidades também, mas não merecem créditos e são inferiores aos beneficios que recebi.

...

O ano de 2005 começou para mim de maneira bastante especial. Eu havia assumido minha homossexualidade para mim mesmo e em seguida para minha mãe(30 de dezembro de 2004) e o começo do ano ainda me esperava mais surpresas. Minha entrada no meio gls... risos... engraçado isso, né?! Acabo de escrever isso e me vi montado de Drag Queen entrando numa boate gay... mas foi muuuito diferente, aliás, não tenho talento nem vontade de ser Drag(risos). Mas janeiro foi o mês que conheci o Antônio também, fiquei com ele e começamos a namorar... tudo em poucos dias. Meu primeiro beijo com outro homem, minha primeira vez numa boate gls, meu primeiro namorado, minha primeira realização pessoal de 2005. Logo depois veio o resultado do vestibular com ele ao meu lado... ele e minha familia também! (risos)Foi quando contei sobre ele para minha mãe e, mais uma vez, ela foi maravilhosa para mim.

Depois veio a aceitação do meu pai, contei para ele e, depois de pensar um pouco digamos assim, ele foi ótimo comigo também.

Na faculdade vieram os amigos dos quais eu já falei. Veio as provas e as notas baixas, veio o desinteresse pelo curso, veio a confusão mental(essa já é familiarizada com a ponta do meu iceberg), veio a decisão de que errei no curso, veio a decisão de um novo vestibular, dessa vez para jornalismo e não para administração, veio o arrependimento do vestibular(risos). Nesse meio termo veio o Orlandio... umas das melhores pessoas(em todo os sentidos) que conheci esse ano. Hoje, um amigo com toda certeza!!!

Veio o primeiro dia dos namorados com namorado realmente. Veio um mês, depois dois, três, quatro... e agora caminhamos para nosso 'aniversário' de um ano.

Veio o casamento de Damien Rice e Fiona Apple(essa frase que acabei de escrever é puro plágio). Veio Vanessa da Mata e Renata Arruda.Veio Placebo e Antony and The Johnsons.Veio Madonna(com um pouco mais de força) e Fernanda Porto.Veio Jay Vaquer e a decepção com ele mesmo.Veio Stereophonics e Kaiser Chiefs.Veio The Bravery e TAAR.

Veio Closer e Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças.Veio Elephant e Clube da Luta.Veio Hora de Voltar e O Piano.Veio Os Sonhadores com Louis Garrel e Eva Green.Veio Natalie Portman e Edward Norton.

Vieram muitos filmes e bastante música.

Vieram brigas, revoltas, stress, gritos, berros, confusões e resenhas em geral. Mas são relevantes.

O ano foi muito bom para mim, me mostrou um pouco do lado espiritual que me atrai e me rege os caminhos.
Mostrou-me o mar e a água doce.
Mostrou o azul e o vinho, mostrou o limão.
Mostrou o sim e muitas vezes me mostrou o não.

E nesse ano de 2006 eu espero para mim mesmo um pouco mais de "não" para ser dito e um pouco mais de "sim" para mim.Mas antes mesmo disso, eu espero saúde e determinação. Espero muita música e bons filmes. Espero uma mesa para dois. Espero uma canção para dois em um. Espero reuniões em grupo e um grupo de reuniões. Espero realizações de sonhos e espero sonhos novos.

Eu resolvi esperar... e correr atrás, claro!


6 comentários:

Dea disse...

Ah meu deus a parte q vc falou de mim foi perfeita! e eu tmb queria mt seu abraço na hora q te liguei qnd a cinthia disse q tinham te visto n acreditei q poia te ver tmb. te liguei...vc n atendeu. tentei mais tarde e vc ja n estava mas napraia! cai...na moral! mas foi mt importante ter falado c vc de madrugada.ouvir akele e te amo foi simplesmente perfeito! amei td q vc disse ai em cima....meu deus... vc e foda e eu sou foda e fofa jasiuakahsaa ta bom...eu admito q vc tmb e fofo!hihihihihih agora deixa eu ler as outras partes

Dea disse...

Oia soh...a Lari ai no meio.Tenho ctz q amizade de vcs so vai da em coisa boa!q venha logo ela entao. Antonio...bom...agradeço por ele existir pq assim eu te vejo tao lesado!jasuiaaisaja adooooooooooro qdn vc fik lesado e me faz cia nas lesadices da vida!jaaikajshaioskajss Notas baixas...vixe nem lembre... no mais sobre essa parte...eh...q venham os nivers de 2,3 e qnts anos mais forem necessarios p vcs serem kd vez mais felizes! aiai...te amo parte 1!

Larissa Lima disse...

Eu fico muito envadecida em ser citada nesse espaço tão seu. Por saber q vc fala aqui o que é de verdade. POxa! Muito obrigada pelos elogios, por rir comigo em resenhas sem noção (naquele dia eu estava sem oxigênio no cérebro. Pow um "Come on baby" não saiu kkkk). Enfim. Depende de nós.. quem acredita ou tem esperança.... :) Poxa Márcio.. Que mais encontros aconteçam e que essa amizade se forme com muita sinceridade. Acho q foi isso q me chamou a atenção em vc. O fato de possuir essa coragem pra encarar a vida. Olha... Sucesso nessa sua escolha do jornalismo. Tenho total certeza que seremos colegas de profissão. Estou torcendo por isso. Ah! Vou me dedicar pra chegar no 2º ano tendo vc como motivo pra participar da comissão q vai te receber como calouro (agora na comunicação social). Bjão. Muito obrigada.

Tarce disse...

eh pra comentar aki? espero q sim te amo e talz.. mt nao sei oq falar.. esssssssssto odeio vc por isso

Dea disse...

E eu espero um grupo de momentos felizes proce!!!! o ano realmente foi bom sim! as coisas boas passaram por cima da ruins q aconteceram.Foi um ano tumultuado,cheio de surpresas e revelaçoes.cheinnn de amor! alguns aborrecimentos mas isso faz parte da nossa vida.e foram bons tmb pois pudemos rever conceitos e nos tornar pessoas diferentes(melhores d epreferencia).e crescemos c td isso! Aiii sei n mais o q escrever.Vc e foda! e eu te amo mttttttt(parte 2) ate amanha! bjossss

Vinícius disse...

Tirando a leve decepção de ver que o casamento do século na verdade não ocorreu, adorei o seu post!!! uuhahuahuahua Fim de ano de pijaminhas só eu mesmo, né??? Mas sabe, até que foi bom... Na verdade, foi ótimo... Bem, vai se entender o que se passa nessa minha cabecinha de meu-Deus-do-céu... Hey... Não fala mto bem de mim não, senão eu fico mimado!!! huahauhauhauha Após ler essas poucas palavras por vc escritas, só posso dizer que mais uma vez me sinto imensamente grato por ter "esbarrado" em vc em uma esquina virtual... E estando perto, ou longe, o que importa é que somos 2 pessoas que se identificam muito, e que se dão mto bem... Então, aqui ficam, novamente, meus sinceríssimos desejos de felicidades em 2006 para todos nós... Grato pelo carinho, amizade, e algumas linhas em seu blog, Vinícius...