20 abril 2006

Segredos de Liquidificador (16/04/06)

Hoje eu vou te contar um segredo...
um segredo de como acordei mais cedo,
de como sequer consegui dormir.
Contarei como olhei pro lado e tive medo, como ouvi aquela música e senti que seus acordes me sufocavam,
de como você se fazia presente em sua ausência
e de como isso me amedrontou.

Hoje eu vou te contar um segredo...
andei pelo apartamento, aparentemente vazio, e achei onze pessoas em cada cômodo que visitei.
Achei uma criança de seis anos atrás de uma planta na sala de estar,
ela olhava curiosamente o aparelho de som e todos as suas cores,
tudo era novidade para ela.
Em segredo direi que ela abriu a porta da varanda e olhou para o peixinho do aquário... em segredo direi que ela não voltou e que jamais a vi.

Hoje eu vou te contar um segredo...
eu parei o trânsito paulista!
Andei no sinal vermelho e parei quando ficou azul.
Sim, naquela noite em que o sol brilhava, o sinal era azul!
Eu fechei o cruzamento em frente a placa que proibia tal ato.
Eu estive dançando no escuro. Eu nadei no seco e me senti molhado, eu me senti sujo.
Fui uma puta por quinze segundos... meia hora depois fui canonizado.
Diz que eles são tolos, diz que nunca fui santo.
Desmente que um dia fui demoníaco, mas fala baixo... ninguém precisa saber a verdade.
Deixa o mito sobreviver.

Hoje eu vou te contar um segredo...
está verde ao meu redor, mas meus olhos continuam escuros,
Está cinza lá fora, mas minha camisa é de cor vinho e não me perderei no asfalto.
Hoje eu não vou marcar encontros, desmarquei o que havia programado comigo mesmo.

Hoje eu vou te contar um segredo...
falarei absurdos e bobagens, falarei mentiras jurando que são verdades,
desmentirei verdades ditas em papel carbono.
Farei colagem de frases importantes... importantes sim!
Estão impressas, quem duvidará?
Hoje eu quero dançar com rosas nos pés, quero rodar e ver o mundo girar ao meu redor como todo bom leonino deseja. Quero cair e pensar que a vida está caindo comigo, quero pensar e sentir por um minuto como se eu possuisse o controle de tudo, ou ao menos do que se encontra ao meu redor, ou ao menos de minha própria vida.
Quero me sentir senhor da situação!

Hoje eu vou te contar uns segredos...
mas apenas os importantes, ou melhor, os inadiáveis.
Vou te contar que sou o sono que não veio noite passada, que sou o medo de te ter e que fui o medo de perder-te depois que te possui...
Sou a criança que andou pela varanda e se escondeu atrás da planta, sou eu mesmo a criança que nunca mais vi...
Confesso que era minha a voz a cantar tal música que me sufocava.
Eu sou a placa que proibia, eu fui o sol naquela noite estranha.
Fui eu que pintei o sinal de azul...

Fui os ponteiros que marcaram minha transição de puta à santo.
Sou o tempo que levei para ir do céu ao inferno e voltar a ser humano.
Eu fui as rosas nos meus próprios pés.
Eu sou o mundo que gira ao meu redor, sou o teto que se mantêm firme e o chão que nunca sai do lugar.
Sou o apartamento e os corredores.
Sou o que passei a sentir.
Sinto o que passei a ser.
Fui o que nunca acreditei ser.
Acredito em tudo que fui e no que não fui eu tenho fortes crenças.
Posso ser o que eu quiser, basta que eu seja eu e que esse eu seja milhões de outros.

6 comentários:

Chris disse...

Vou fazer um blog no estilo do seu. Escrever o que sinto, também estou precisando disso, mas manter um já está difícil, imagine dois. Tem alguma sugestão de nome? Rs...
Quero colocar meus textos e deixar o papel ou a tela do computer me levar...rs...
apareça...até...ciao.
Chris
www.de-ponta-cabeca.blogspot.com

tarciana disse...

eh.....

esto
saudade

Elias Regis disse...

Vc naum me conhece, e por naum me conhecer vai me achar maluco (talvez naum "espero").
Sou um fã...
Mas naum um fã de Marcio, um fã de seus escritos.
Cheguei no seu orkut por simples (ou naum) coincidência. Numa lista de musik num topico de uma comunidade.
naum sei bem pq...

AS MUSIKS me chamaram a atenção.
Gostava te todas.
Olhei o perfil e vi um estilo perfeito
Musicas perfeitos (só faltou cold play), livros perfeitos e filmes perfeitos (pelo “Jornada da Alma” vi q gosta de psicologia, minha paixão só falta um diploma, hehehe).
Tudo muito parecido com oq eu gosto.

Espero naum estar sendo inconveniente.
Mais naum conseguiria dormir sem lhe parabenizar por sua grande capacidade de se expressar com palavras. Juro, seus textos são muito tocantes (por que naum dizer lindos).
Tenha certeza q acabou de ganhar mais um fã.

naum vou add no orkut nem msn.
Mas se for de sua vontade q sejamos amigos: deixarei meu msn (eliasrcf@gmail.com).
Se naum for, já fiz oq queria, lhe parabenizei.
Seu blogger estará na minha lista de favoritos.
Por favor, continue postando.

isso vai ser idiota mas lá vai, isso naum é uma cantada (ja namoro). e pelo visto vc tbm namora.

parabens de novo. "q repetitivo"...



byebye

Marcio Oliveira disse...

Príncipe...q bom q voltaste a postar... Saudades jah estava...
Como eh dificil falar contigo, ao menos pelo blog o contato fica mais vitual...
Olha, tow de blog novo, rsrsrsrs
http://letrasgarrafais.blogspot.com
Ahhhh, tow indo a Floripa em Julho (16/07), vou passar 8h em SP... kero te ver, mocinho...
Saudades, beijos...

Manú disse...

Suaaaaa puuuuuuuuutaaaaaaaa!

Sonia disse...

Muito bom o seu blog!