31 maio 2007

# Quarta - Feira (Pré-fabricando)

Antes do Pôr-do-Sol de Richard Linklater

Ele tinha razão. Preciso de ajuda.
Você teria dito todas aquelas coisas se soubesse que não poderião se realizar? que nós não poderiamos ser conjugados no plural? Teria me sorrido aquele sorriso? Roubado aquele beijo? Sei que não...

E foi só um beijo... bastou só um beijo e eu te esperei. Até a pouco eu te esperava, mas o tempo mudou e eu não tenho roupa de frio comigo. Minha camiseta surrada e a velha calça jeans não sustentam essa falta. Procurei esse sustento naquelas cartelas e num homem que me observava como quem julga e não foram de grande valia, apenas deixaram minha camiseta mais fina e meu tênis molhado... estou sem meias.

...

Los Hermanos parecem mais claros hoje para mim, quase não existe complexidade em seus versos, predomina apenas uma obviedade irritante. Contradições.

Hoje estou pontuante:

Eu quero. Eu não quero. Eu sinto. Eu preciso. Eu estou. Eu não consigo.

Assim, um nó. Cada ponto liga-se a canto nenhum, as reticências não possuem destinos certos e as vírgulas sobram em meu discurso.

Fico preso a uma canção que se repete no display e é como se, sem ela, eu não conseguisse prosseguir com isto.Velas me seriam propícias. Acenderia duas altas no tapete, disporia dois pratos e um casal de taças, pegaria um vinho perdido na geladeira ou inventaria algum, talheres e música ambiente. Conversaria com o outro lado e fingiria comer algo... o que achas de massa? eu gosto... Depois de alguns minutos apagaria as velas e deixaria uma meia luz iluminando o quarto. A cama macia a me chamar e eu cedia a seus convites. Noite fria. Viraria pro lado, desejaria boa noite ao travesseiro e dormiria comigo. Seria minha companhia e meu convidado pro jantar. No outro dia acordaria cedo, lavaria a louça de dois, tomava banho com o som ligado, levaria a roupa pra lavanderia e sairia sem perceber que estive só... na verdade continuaria em minha companhia pelo menos até quando isso bastasse...



... hoje, infelizmente, ela não foi suficiente.



O dia começa preguiçosamente lento no centro de São Paulo e penso comigo: "Quarta-feira". Metade de uma semana que mal se sustenta nas próprias pernas mas que insiste em nos arrastar junto até seu fim para descansar. Constatei que vivo querendo descanso, sempre com sono e cansado de sonhos, de sonhar e não durmir, de pensar e não andar. Quero mais agitações em minha vida, ou melhor, quero menos.

Não sei, ficarei com o clichê do "menos é mais". Quero sair só mas acompanhado, achar a companhia, sem destino e sem me perder pois foi me perdendo que me achei e foi me achando que tive de apagar as luzes e procurar outra sombra no caminho... agora ainda não sei como achá-la, mas pretendo descobrir em breve, ou achar-me brevemente.



Vou pré-frabricando meus passos nesse caminho que chamam de rotina e folheando as novas possibilidades dessa cidade que ainda não me engoliu mas que está esperando ser engolida por mim.

Hoje estou com fome.





"Anda

Tira essa dor do peito, anda.

Despe essa roupa preta e manda

seu corpo deslembrar.

Canta

Vira a dor pelo avesso, canta.

Larga essa vida assim as tontas.

Deixa esse desenganar.

Calma

Dê o tempo ao tempo, calma.

Alma

Põe cada coisa em seu lugar

e o dia virá, algum dia virá

sem aviso

então..."

[ Sem Aviso - Maria Rita ]

8 comentários:

Anônimo disse...

(mesmo vc tendo q ser outra pessoa pra ser vc mesmo)

Ti amo, ti amo, ti amo, ti amo
Ti amo, ti amo, ti amo, Uuuuu..

Lararararara.. larararara..
Larara.. larara.. Uuuuu!

Ti amo, ti amo, ti amo, ti amo
Ti amo, ti amo, ti amo, Uuuuu..

Lararararara.. larararara..
Larara.. larara.. Uuuuu!

Ti amo!

bagatella disse...

Sim... tinha um outro blog não divulgado e rapidamente cancelado...
Agora com uma mistura de arte conhecida com minha arte anônima (até certo ponto).

Te add tbm!

Como já disse, cada dia que passa vc escreve melhor... os textos tem uma ligação icrível, do início ao fim, com um sistema de motivação perfeito!

;*

.amo.

FOXX disse...

eita
e esse anonimo?


texto perfeito viu?

PUZZLE disse...

CALMA POVO!!! ELE TEM AMOR PRA TODOS!!!

ATÉ PQ CIÚME NÃO É SINÔNIMO DE AMOR... ESSA DEVERIA SER A ENERGIA TRANSMITIDA...

O Fingidor disse...

UHAISHISHAHSIAUSHIAUSHA

PUZZLE, você é ótima.
te amo!

puzzle disse...

Thanks...!!! eu tb t love..

++ estamos tentando PRÉ-fabricar o AMOR... se for possível...
já q ele é gratuito, puro e simples..!!

Vinícius disse...

Lembra daquele papo de enigma?

Incrível como continua atual! E olha que a gente se viu há algum tempo!

Mas eu gosto de me deparar com o incógnitas. Elas me fazem sentir um pequeno curioso... Opa! Eis mais um motivo pelo qual eu gosto tanto de vc!!!


Um abraço!

irun disse...

Adorei...
beijo...