12 setembro 2006

Lady In The Water de M. Night Shyamalan

Uma história de ninar como já não se faz hoje em dia, como já não se vive...

Apenas não se permanece no sonho o tempo todo, uma hora o escuro do cinema se ilumina e você é puxado de volta à realidade e não adianta, por mais que você feche os olhos, nada volta, apenas torna-se mais distante.

"Eu não quero isso seja lá o que isso for.
Eu não quero aquele, eu não quero aquilo
...
Não quero medir a altura do tombo
nem passar agosto esperando setembro
...
O melhor futuro este hoje escuro
O maior desejo da boca é o beijo
...
Nada tenho vez em quando tudo
tudo quero mais ou menos quanto
vida vida noves fora zero
Quero viver, quero ouvir, quero ver..."

[Bandeira - Zeca Baleiro]

2 comentários:

Jr disse...

é mais ou menos isso, não é? acreditar. comprar a briga. abrir os braços. você me deu um nó hoje. capricorniano, não esqueça. beijo

mouris disse...

esse blog anda muito impessoal...