31 outubro 2006

# Terça - feira (por aqui)

A Prova de John Madden
As vezes sinto necessidade de conversar comigo. Falar algumas coisas que precisam ser ditas em voz alta, que precisam ser ouvidas. Tudo em particular para que ninguém escute o que você não quer dizer mas precisa cuspir. Entre tantas dúvidas e opniões, você foi minha certeza... foi no sentido de ser, foi como é... assim mesmo, confuso como equações matemáticas, exato como cálculos algébricos.
E sempre existe um mas... existe um sim que fala alto onde - momentaneamente - prevalece um não querendo ser talvez, mas que por fim deixa apenas um "quem sabe" daqueles que não se pode prever tempo nem se haverá tempo para tornar-se afirmação.
E foi. Me fez, feliz, sorrir e acenou de longe. Sentei na janela e abri um livro passando a ler coisa alguma, como se você não soubesse da foto com o bilhete no verso que eu guardava nas palavras do fingidor. E você foi comigo. Pegou minha mão e precisava apenas de alguns minutos de colo amigo... não nego o que também quero, não nego o que sinto... sente?
Engraçado como seu corpo se encaixa nos meus braços, te sinto tão meu. É hora de dormir e penso ser tão cedo... quero mais duas horas de lua baixa e porta fechada, quero aquela música que tocou baixinho, quero o peso, o encaixe, quero a prova de que estarei certo um dia... cansei de ser errado em horas certas e lugares perfeitos.
"Eu me abandono em suas mãos e você me devolve o que de mim eu mesma nem sabia..."
[ Seu Lugar - Fernanda Porto ]

6 comentários:

Tônio disse...

Adorei este teu último post, me vi em vários momentos, olha isso:

Você disse:
"Engraçado como seu corpo se encaixa nos meus braços"

Eu dissem em 14/09:
"A maneira com que cai em meus braços e teu corpo encontra seu lugar"

To na torcida por você garoto, principalmente pelo "sente?".

Abraço, Tônio

Menino G disse...

Uhn!!!!!!!!
O que eu quis dizer?
Eu quis dizer o que foi dito,
Seja o meu...
rsrs...
Beijos, pelo que parece acho que vou ter de lutar por vc.

Bofiscândalo disse...

Muito bonito o seu texto, dramático sem ser piegas, intenso sem estar fora de foco, adorei muito, abção

Menino G disse...

Bem... eu estou na Bahia meu bem.
Eu fui infeliz na escolha da palavra, deiva ter dito disputar. Mas eu não tenho medo de uma conpetição saudavel.
Beijos meu msn é guina_escorpiao@hotmail.com

mouris disse...

[]

Alcina disse...

meu carisssimo amigo Marcio Dorvillé, ou como gostava de te chamar,nêgo, ví...
Fico impressionada com o seu crescimento espiritual e intelectual.É uma honra ser sua amiga, pena não estar perto de tí pra poder te abraçar e te dizer que vc é Dez!Mil..
Parabéns por investir em vc qndo tudo parecia não ter pra onde seguir!Parabéns pela sua força,dedicação, garra de ir sempre além. Que seu caminho seja de paz, e verdadeiros amigos!!Sem eles não somos nada!!Bjos e saudades imensas...alcina (bibi)