10 fevereiro 2009

Preview Oscar 2009 - "Infinita Highway"

Apenas Um Sonho de Sam Mendes

E dizem que o sonho permanece quando se tem esperanças.
Mas que esperanças são essas? Ou melhor, quais sonhos permanecem e quantos deles precisamos descartar?

- Só mais uma dose e eu vou embora.
- Você prometeu!
- Sim, eu prometi há três doses atrás.
- Sabe o que é engraçado? Você fica sério quando bebe o que faz a minha retórica nunca ser suficiente. Se bem que ela sempre fica comprometida quando tem apenas uma mesa de bar entre a gente.
- E por que a mesa virou ponto de referência nesse assunto mesmo?
- Porque ultimamente é através dela que fico mais perto de você. A menor distância que consigo chegar de ti nos últimos meses é assim: com uma mesa separando. Apenas uma mesa.
- Você não está mais em condições...
- Não não não... deixa, deixa eu falar... Quer ouvir uma coisa engraçada?
- Vá em frente...
- Eu acreditava na gente. Não, mais que isso, eu acreditava que a gente era feliz, que podíamos dar certo. Mas hoje eu vejo que apenas nos suportamos por todo esse tempo. Eu sufocando meus sonhos numa gaveta esperando que você se dê conta do quanto odeia tudo o que te cerca e que você chama de rotina. Só que o que você chama de falta de tempo eu chamo de perda.
E a gente perdeu. Agora me diz: que condições são essas que você acha que eu não tenho?
- Engraçado é eu ainda ter de te levar pra casa depois de ouvir tudo isso.
- Não meu caro, não. Você não tem que fazer mais nada. Tudo o que você me deve... não, tudo o que você deve a si mesmo não paga metade do tempo que desperdiçamos.
Faz o seguinte, paga nossa conta, pega teu carro e me deixa aqui. Devolve meu copo e me deixa com a mesa. Com essa lembrança que me faz querer estar perto, mas que me mantém onde devo ficar. Só não consigo descobrir o tamanho dessa distância, e pelo visto não é você quem vai me dizer.
- Garçom!
- Boa noite.
- Fica em paz.
- Esteja certo que tentarei.

(Sam Mendes é um dos diretores que atualmente sempre me toca de algum modo... e não falo de Beleza Americana e Soldado Anônimo apenas, falo num contexto geral. E Kate Winslet... bom sempre a considero culpada. Está mais uma vez ótima, mas eu daria o Globo de Ouro de atriz coadjuvante para Viola Davis por Dúvida. O de melhor atriz já estava de bom tamanho.)


2 comentários:

Adrielly Soares disse...

Eu não vi o filme.
Mas já me dispertou vontade de assistir.

:*

Tônio disse...

qual é o endereço desta mesa?